quinta-feira, 19 de julho de 2007

O INÍCIO DAS COISAS

Bem,aqui estou eu,por sugestão de um amigo que respeito muito,entrando nessa onda virtual chamada blog.O motivo é que em breve estarei publicando meu livro- espero que seja o primeiro de uma boa série- e nada mais eficiente para difundir minhas idéias do que este verdadeiro milagre do séc.XXI.O grande problema é que nunca estou satisfeito com as coisas que escrevo,daí minha exitação em publicar essas linhas .Mas pensando bem,os começos realmente costumam ser os momentos mais ridículos da vida.A primeira cantada de um louco amor,a primeira onda de um campeão mundial,o primeiro discurso de um renomado orador,a primeira defesa de um milagroso advogado...O fato é que ninguém se lembra,quando vê alguém extraordinariamente bem-sucedido em sua carreira , de como não devem ter sido difíceis e desastrados os primeiros passos...Ou será que quem anda de ferrari lembra daqueles calhambeques pré-históricos que fizeram a fama(e a riqueza) do Henry Ford...?Ou agradece em suas preces ao Santos Dumont pelo 14 bis quando resolve dar uma voltinha de primeira classe no seu jatinho particulars?Acredito que não!!!!
Assim,na certeza que essas linhas infames realmente estão cumprindo sua missão-a de ser a pedra angular de uma colossal perda de tempo escrevendo textos bizarros-eu apenas torço para que esse espaço tenha algum sucesso na divulgação do meu livro ,que aliás não devo falar muito pois ainda não foi publicado. O importante nesta vida, meus amigos, é não ter vergonha de (re)começar, por mais imbecis que estejamos parecendo...Afinal de contas,"somente os ridículos são felizes...
PAZ.

Tirado do meu antigo blog, foi publicada em 13/07/2006

Um comentário:

lucianobs82 disse...

É com enorme prazer que inauguro os comentários deste novissimo canal de divulgação, divagações e semeadura de poesia, terreno fértil para bons papos e "espalhamento" da ternura...Abraço ao criador do espaço-mestre Guga Amorim-
Paz e Bem!